domingo, 13 de novembro de 2016

10 curiosidades sobre o GP Brasil de Fórmula 1


Daqui a pouca, às 14h, as luzes verdes da fórmula 1 se acenderão pela 20ª vez na temporada, dessa vez o Brasil é o centro das atenções do automobilismo mundial, em uma prova que pode definir o campeão da temporada, e promete fortes emoções do começo ao fim. Para aquecer os motores, a Fanato listou 10 curiosidades sobre o GP de Interlagos:
1 – Felipe Massa – Após 15 anos dedicados a Fórmula 1, sendo 14 deles como titular, Felipe Massa fará sua última corrida no Brasil pela categoria. O corredor tem uma longa história com o circuito que inclui, entre outros fatos, a vitória em 2006, sendo o primeiro brasileiro a vencer em Interlagos desde Ayrton Senna, em 1993, e o vice-campeonato de 2008, onde após vencer a corrida, viu na penúltima curva, da última volta, Lewis Hamilton ultrapassar Timo Glock e vencer o campeonato por um ponto.
2 – Longa História – O autódromo de Interlagos é um dos mais tradicionais da Fórmula 1 e completou 75 anos em 2015.
3 – O nome – Oficialmente, o autódromo se chama José Carlos Pace, mas é popularmente conhecido como Interlagos por ficar no bairro de Interlagos, que por sua vez, recebeu esse nome por dividir os lagos Billings e Guarapiranga.
4 – Prova lendária – O circuito foi palco de uma das provas mais emocionantes de todos os tempos da categoria. No dia 24 de março de 1991, Ayrton Senna venceu a prova após enfrentar problemas no câmbio. O brasileiro, que já era bicampeão mundial e nunca tinha vencido em casa, precisou de atendimento médico ainda no carro depois de vencer a prova devido a seu esforço excessivo.


5 – Maior número de vitórias Michael Schumacher é o piloto que mais venceu em Interlagos, com quatro vitórias: 1994, 1995, 2000 e 2002.
6 – Pratas da casaEmerson Fittipaldi, José Carlos Pace (que dá nome ao autódromo), Ayrton Senna e Felipe Massa foram os brasileiros que já venceram o GP Brasil de Fórmula 1 em Interlagos.
7 – Volta mais rápida – A melhor volta já feita no circuito foi realizada pelo piloto colombiano Juan Pablo Montoya em 2004 e durou 1 minuto, 11 segundos e 473 milésimos.
8 – Obra faraônica – Para construir a pista foi necessário remover 500 000 metros cúbicos de terra, utilizar 435 toneladas de asfalto, 800 metros de tubo de concreto para drenagem e preencher 7 200 metros cúbicos com pedra.
9 – Pista reduzida – Em sua fundação, em 1940, a pista original possuía 7 960 metros. Em 2000, sua extensão foi reduzida quase pela metade, ficando com 4 309 metros.
10 – História interrompida – Durante os anos de 1978 e da temporada entre 1981 até 1989, o GP Brasil não foi realizado em Interlagos e sim no circuito de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro.

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Esportes Alternativos: Futebol Gaélico



Junte futebol e rugby e terá um dos esportes mais populares da Irlanda. O Futebol Gaélico, ou futebol irlandês, é uma modalidade quase que estritamente amadora, que já foi considerada o esporte do povo, praticado por milhares de pessoas comuns no interior do país, com variações de regras e “bolas improvisadas”. Atualmente, apesar de não ser profissionalizado, possui estádios próprios, modernos, com capacidade para mais de 90 mil pessoas.

O jogo

A modalidade é jogada por homens e mulheres, em times de 15 jogadores, em um gramado retangular com traves em forma de "H" localizadas no fim do campo. O objetivo principal é marcar gols, conduzindo a bola com as mãos, numa sequencia com chutes e socos. Os jogadores marcam pontos chutando a bola na rede, somando 3 pontos, ou passando a bola por cima do travessão e através das colunas, convertendo 1 ponto. O time com maior pontuação no fim da partida ganha.

Os jogos têm duração de 60 minutos, dividido em dois tempos de 30.


No futebol gaélico não é permitido:

Pegar a bola diretamente do chão usando apenas as mãos
Arremessar a bola para o gol
Andar quatro passos sem soltar a bola, fazê-la quicar ou fazer jogadas individuais. (Jogadas individuais envolvem esmurrar a bola pelo mesmo jogador duas vezes)
Petecar a bola duas vezes
Passar a bola sobre a cabeça de seu adversário e então dar a volta sobre ele e pegá-la do outro lado (como se fosse um "chapéu" do futebol)
Lançar a bola para o gol (a bola pode ser esmurrada para o gol no ar, entretanto)
Trocar de mão: levar a bola da mão direita para a esquerda ou vice-versa

Campo e bola

O campo é formado por um gramado retangular, medindo 130 metros de comprimento por 90 de largura. As traves tem forma de H com uma rede na seção inferior. O campo possui ainda linhas marcadas em distâncias de 13m, de 20m e de 45m de cada linha lateral.
A bola é feita de couro, é redonda e feita de 18 painéis de couro costurados, bem parecida visualmente a uma bola de vôlei tradicional.


História

Os primeiros registros do esporte datam de 1885, e desenvolveu-se, em parte, como rejeição aos jogos ingleses como futebol e rugby. Ele chegou a ser proibido pelos dominadores britânicos durante o final do século XIX,  justamente por sufocar as expressões culturais que afastavam a Irlanda do Reino Unido.

Paixão nacional, em 1920, durante a guerra de independência da Irlanda, soldados ingleses em resposta a um atentado contra oficiais de inteligência do exército britânico entram no estádio de Croke Park, em Dublin, durante um jogo de futebol gaélico. O confronto resultou na morte de 13 torcedores e de 1 jogador da equipe local. O episódio ficou conhecido como um dia de terror . Desde então, nenhuma outra modalidade, sobretudo inglesa poderia ser jogada naquele estádio.
O estádio de Croke Park é um dos maiores e mais modernos do mundo. A sua arquitetura combina vanguarda ao passado da Irlanda, ao não cobrir e assentar um dos setores do estádio, conhecido por “Hill 16″, em memória aos caídos do levante popular da Páscoa de 1916, durante a 1ª Guerra.



quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Esportes Alternativos: Floorball



O Floorball é um esporte que mistura hockey com futsal. Diferentemente do hockey que é jogado sobre o gelo ou grama, o floobal é praticado em quadras e utiliza bolas ao invés de discos. Na modalidade também não é permitido trombadas entre os jogadores.

Origem do jogo

Esportes similares são jogados em todo o mundo desde o séc XIX. Entretanto, o floorball como conhecemos hoje, surgiu na Suécia em meados dos anos 70. O esporte foi oficialmente reconhecido pelo Comitê Olímpico Internacional em 2008, e espera-se que faça sua estreia nas Olímpiadas em 2020.

Atualmente o esporte é praticado em mais de 80 países, sendo que em 49 destes existem associações nacionais que organizam campeonatos amadores ou profissionais. Há pelo menos uma entidade nacional em cada continente do mundo. A modalidade é muito popular em países como Suécia, Finlândia, Suíça, República Checa, Noruega, Dinamarca, Singapura, Japão e Taiwan.





No Brasil


No Brasil, a prática teve início no fim da década de 90, sendo em um primeiro momento restrita à comunidade escandinava em São Paulo/SP, mas logo em seguida implementada, com sucesso em clubes voltados ao público em geral (especialmente SESC e ACM), contando também com grande ajuda de entidades filantrópicas administradas por estrangeiros (principalmente suecos e suíços), que utilizam o esporte como instrumento de inclusão social.

O Jogo


O floorball é um esporte, praticado no interior de um recinto, normalmente quadras, entre duas equipes, de seis jogadores, que utilizam sticks e uma pequena bola oca.
O objetivo do jogo é fazer com que a bola passe por dentro da baliza do adversário. Um gol equivale a um ponto. A equipe que somar o maior número de pontos ao final  do período vence a partida.



Regras Básicas do Floorball 


1- O jogo pode ser jogado de 3 a 5 jogadores de linha e um goleiro, dependendo do tamanho da quadra.
2- Os times consistem em um mínimo de 6 e um máximo de 20 jogadores.
3- O jogo possui 3 tempos de 20 minutos, sendo que o relógio para enquantoa bola não está em jogo. Em alguns casos, pode-se jogar 3 tempos de 15 minutos para que o tempo total de jogo fique próximo do limite de 1 hora.
4- Uma barreira vertical de 50 cm de altura envolve o campo de jogo (veja algumas opções de possíveis barreiras na seção Modificando o Local de Jogo).
5- O gol possui 115 cm de altura e 160 cm de largura e em frete a ele existe uma pequena área (2,5m de largura por 1m de comprimento) onde apenas o goleiro pode entrar. A bola, porém, pode ser jogada dentro desta área por um jogador de linha que esteja pisando fora da mesma.
6- A grande área possui 4m de largura por 5m de comprimento, sendo que neste espaço o goleiro pode jogar normalmente. O goleiro não possui taco.
7- O goleiro não pode segurar a bola por mais de 3 segundos e quando ele a joga, ela deve tocar o chão antes da linha de meio de campo.
8- Se a bola sai do campo, o time adversário pode jogá-la a uma distância de até um metro do local onde ela saiu. Se a bola sair pelo fundo da quadra, o time adversário reinicia a partida do canto da quadra mais próximo ao local de onde ela saiu.
9- Quando é marcado um tiro livre, o adversário deve estar a uma distância de pelo menos 3 metros da bola (contando os tacos).
10- A bola pode ser chutada, mas não mais de uma vez pelo mesmo jogador e não para outro companheiro ou em direção ao gol.
11- É proibido bater na bola com as mãos ou cabeça.
12- A bola só pode ser chutada ou dominada com o taco se estiver abaixo da linha dos joelhos do jogador.
13- Não é permitido empurrar, puxar, segurar ou derrubar o adversário com o corpo. Mas a disputa pela bola ombro a ombro é permitida.
14- É proibido a jogadores de linha jogar sem o taco.
15- Não é permitido pular enquanto tem o controle da bola ou ao chutar e passar.
16- É proibido dominar, chutar ou passar a bola enquanto uma mão ou os dois joelhos estiverem tocando o chão (é permitido jogar com um joelho tocando o chão).
17- Tiro livre ou suspensão por 2 minutos é marcado ao: Levantar o taco, bater no taco do adversário, encostar na bola com as mãos ou cabeça, empurrar/segurar/puxar/derrubar o adversário, jogar o taco, permanecer a uma distância menor do que a necessário durante um tiro livre.
18- Um pênalti é marcado se a falta ocorre durante o momento que o jogador adversário tem uma chance clara de gol.

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Esportes Alternativos: Sombo



O esporte alternativo de hoje mistura várias técnicas de luta, entre elas o jiu jitsu, judô, aikidô, kung fu, boxe inglês, muay thai e capoeira. O sombo, também chamado de sambo é praticado em duas modalidades, sombo esportivo e de combate. A primeira inclui muitos movimentos como chaves de perna, que são ilegais no judô. Já o sombo de combate também inclui socos e chutes.


A origem


O esporte surgiu na Rússia em 1938, como técnica de treinamento militar de autodefesa sem armas. A partir de 1973, começaram a ser realizadas competições internacionais no país. Em 1981, o Comitê Olímpico Internacional (COI) reconheceu o sambo como esporte olímpico, mas a modalidade nunca foi incluída entre as categorias do evento internacional. Atualmente o sambo é praticado por cerca de 500 mil cidadãos russos.


A luta


As disputas têm duração de 5 minutos. A pontuação varia de acordo como tempo que o lutador mantém o adversário imobilizado no solo: 10s valem dois pontos e 20s quatro pontos. Vence aquele que primeiro somar 12 pontos.

Caso o lutador derrube o adversário de costas no chão e permaneça de pé, ou consiga imobilizar o adversário com uma chave de braço ou perna, forçando ele a “bater no chão”, o combate termina na hora, independente da soma de pontos.



Campo de combate


A área de combate do sombo é formada por uma área circular acolchoada no meio de um tapete hexagonal ou quadrado. No centro um circulo menor, onde a luta se inicia, e em volta, uma área de proteção marcada na cor azul.




quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Esportes Alternativos: Corrida de Orientação



Já imaginou participar de uma corrida que você não sabe para onde terá que ir até o momento da largada? E pior que isso, mesmo depois que a prova começa, você tem que descobrir sozinho que caminho seguir? Pois esse é a Corrida de Orientação, uma prova cross-country na qual os participantes utilizam um mapa e uma bussola para traçar o percurso.

O esporte nasceu nos países nórdicos por volta do ano 1850. No Brasil, é herança dos militares na década de 70. Em 1999 foi fundada a Confederação Brasileira de Orientação (CBO).

A modalidade esportiva usa a própria natureza como campo de jogo, com isso criou-se o conceito da preservação do meio ambiente entre seus praticantes.


A prova


Disputada individualmente ou em equipes, ganha aquele que primeiro cruzar a linha de chega, ou em provas cronometradas, quem chegar ao maior número de postos de controle ao final do período ou em menor tempo.

O percurso da prova  é formado pelo  triângulo de partida, pontos de controle e chegada. Entre estes pontos, que são locados precisamente no terreno e equivalentemente no mapa, estão os marcadores de percurso, nas quais o competidor deverá orientar-se.



Mapa e bussola


Para realização da prova, o competidor terá apenas uma bússola e um mapa. O mapa de orientação é um mapa topográfico detalhado, onde é indicado os pontos que o atleta deve alcançar e todos os detalhes da vegetação, relevo, hidrografia, rochas e construções feitas pelo homem.





quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Esportes Alternativos: Lawn Bowling



Acredita-se que o boliche, e suas derivações, datam, pelo menos, do ano 3.200 a.c, por conta de objetos encontrados em uma tumba de uma criança egípcia.  A modalidade que falaremos hoje é “um pouco mais recente”,  surgiu no século XIV, na Inglaterra, e trata-se de um jogo de boliche na grama, que tem por objetivo colocar uma pequena bola branca ou amarela, chamada “Jack” ou “Kitty”, o mais perto possível do alvo, porém sem derrubá-lo. O boliche na grama, ou Lawn bowling (Bowls) como é chamado, atualmente é praticado na Inglaterra e países da Comunidade Britânica, como Austrália, Canadá, além de EUA e Índia.

O jogo


O esporte pode ser praticado individualmente, em duplas, trios ou quartetos. O jogo se inicia com o posicionamento do tape de borracha e lançamento do Jack, seguido pelas “bowls” dos jogadores. Cada lance é chamado de “shot”. Se a Jack for atingida e lançada na canaleta que limita o campo, o jogo acaba. Caso a bola do jogador saia do campo sozinha, será considerada morta e não marcará pontos, enquanto se esta sair junto com o Jack a partida continua, com a bola branca sendo lançada em campo novamente. É permitido acertar uma bola do jogador adversário para tirá-la de perto do alvo.

Pontuam as bolas que estiverem mais próximas da Jack, sendo que a bola que estiver mais perto vale um ponto e se a bola estiver encostada, três pontos. Caso um jogador tenha duas ou mais bolas entre a Jack e a bola do adversário, ganha um ponto por bola.
Nas partidas individuais, duplas e quartetos, vencem aqueles que primeiro somarem vinte e um pontos. Em trios, a pontuação mínima é dezoito. A partida também pode ser definida por quem fizer mais pontos após todos os “ends”, quando todos os membros das equipes fazem seus arremessos, de forma semelhante ao curling.

A bola


As Bowls são assimétricas, possuindo laterais ligeiramente achatadas e com pequenas cavidades para facilitar seu manejo e o arremesso. Elas podem ser pretas ou marrons e pesam em torno de 1,5kg com 12 a 14,5 cm de diâmetro.



O campo


O campo é formado por um grande gramado, que pode ter de trinta a quarenta metros de comprimento, determinado por valas. Ele é dividido entre seis a oito pistas, delimitadas apenas por marcações em suas extremidades.



Curiosidades


O esporte é parte do programa dos Jogos da Comunidade Britânica (Commonwealth) desde a sua primeira edição, em 1930, só ficando de fora nos Jogos de 1966, sendo que atualmente também participa na modalidade paralímpica da competição. A última edição dos Jogos foi disputada em Glascow, em 2014, e a próxima edição está marcada para 2018. Esses jogos são disputados por cerca de 5000 atletas sob a chancela de uma entidade própria, a Federação dos Jogos da Commonwealth e seus programas incluem não apenas os esportes olímpicos, mas esportes típicos da comunidade britânica, como o Netball, o Squash, o Cricket


quarta-feira, 20 de julho de 2016

Esportes Alternativos: Rounders



Apesar de pouco conhecido, o esporte alternativo de hoje deu origem a uma das modalidades mais praticadas nos EUA. Estamos falando do rounders, que surgiu na Inglaterra no século XVI, inspirando a criação do baseball em 1840.

O rounders é um jogo muito popular no Reino Unido, Irlanda e Canadá. O jogo é jogado por homens, mulheres e crianças, sendo que não é permitido mais de 5 homens em um time misto. Cada equipe tem entre 6 e 15 jogadores, que se alternam entre bastão e defesa.



O rounder, pontuação no jogo, é marcado quando o rebatedor bater na bola e correr sem parar em volta dos quatro postes antes que a bola possa ser devolvida ao lançador. Caso o rebatedor só consiga chegar à segunda ou terceira base, a jogada valerá meio rounder.

O campo de jogo



O rounders pode ser jogado na grama, no asfalto ou em qualquer superfície adequada para correr. A área de rebatida e os três primeiros postes formam um quadrado com lados de 12m. O quarto poste fica a 8,5m do terceiro poste. No centro, está localizado a área do lançamento, um quadrado de 2,5m que fica a 7,5m da área de rebatida.