quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Esportes Alternativos: Corrida de Orientação



Já imaginou participar de uma corrida que você não sabe para onde terá que ir até o momento da largada? E pior que isso, mesmo depois que a prova começa, você tem que descobrir sozinho que caminho seguir? Pois esse é a Corrida de Orientação, uma prova cross-country na qual os participantes utilizam um mapa e uma bussola para traçar o percurso.

O esporte nasceu nos países nórdicos por volta do ano 1850. No Brasil, é herança dos militares na década de 70. Em 1999 foi fundada a Confederação Brasileira de Orientação (CBO).

A modalidade esportiva usa a própria natureza como campo de jogo, com isso criou-se o conceito da preservação do meio ambiente entre seus praticantes.


A prova


Disputada individualmente ou em equipes, ganha aquele que primeiro cruzar a linha de chega, ou em provas cronometradas, quem chegar ao maior número de postos de controle ao final do período ou em menor tempo.

O percurso da prova  é formado pelo  triângulo de partida, pontos de controle e chegada. Entre estes pontos, que são locados precisamente no terreno e equivalentemente no mapa, estão os marcadores de percurso, nas quais o competidor deverá orientar-se.



Mapa e bussola


Para realização da prova, o competidor terá apenas uma bússola e um mapa. O mapa de orientação é um mapa topográfico detalhado, onde é indicado os pontos que o atleta deve alcançar e todos os detalhes da vegetação, relevo, hidrografia, rochas e construções feitas pelo homem.





Nenhum comentário:

Postar um comentário